Catching Fire - Resenha do filme


      Olá pessoal! Eu tava tentando segurar essa resenha, mas não conseguir. Já li todos os livros da saga The Hunger Games e em breve irei postar as resenhas (ainda estou com algumas atrasadas), mas é impossível, nesse momento, não falar sobre a estreia de Catching Fire. Sim, é impossível pois a estreia mundial foi aqui no Brasil, é impossível não falar quando a primeira sessão oficial e mundial foi aqui em Recife. 
      O filme está perfeito!!!! Eu nunca, nunca em toda a minha vida vi uma adaptação cinematográfica ser tão fiel ao livro que a inspirou. Podemos dizer que apesar de todas as cenas que vazaram, de todos teasers, trailers e propagandas que foram feitas nada havia preparado nós os tribunos, para a emoção que estamos sentido nas salas dos cinemas. 
Imagem da internet

       Após ter lido os livros, assistir ao primeiro filme The Hunger Games e sinceramente não fiquei tão empolgada e até achei o filme maçante em alguns momentos. Os efeitos não ajudam, a fotografia é horrível, os atores não "convencem" muito em seus papéis (com algumas exceções) e todo o filme em si deixa algo a deseja, aquele sentimento de que dá pra melhorar uma coisinha aqui outra ali, entende?
        Eu sinceramente não tinha criado muitas expectativas para Catching Fire e  acreditava que o filme seria do mesmo jeito que o primeiro. Como é bom você está errada! Como é bom você se surpreender, como é bom você sentir a emoção do "desconhecido". Sim, desconhecido! Pois, por mais que você tenha lido os livros e saiba tudo o que irá acontecer, quando as luzes do cinema apagaram e a telona finalmente começou a brilhar em frente ao meus olhos, parecia que eu estava vendo a história acontecer pela primeira vez na minha frente. 


Imagem da internet
       Como realmente estava errada, já uma coisa é você ler e imaginar. Outra bem diferente, é você ler e se emocionar, chorar, gritar, pular, ficar quase sem voz (sim estou completamente rouca) e praticamente pirar dentro da sala de cinema. Quando as luzes acenderam e minha mãos não paravam de tremer, percebi que sim Catching Fire é sem dúvida a melhor estreia do ano. 
       E porque que Catching Fire é tão bom? Simples, por que além de tudo ele traz uma temática muito atual. Pra quem ainda não leu nem assistiu ao primeiro filme vai a dica: a trilogia de The Hunger Games, fala sobre a revolta de uma nação contra seu governo ditatorial e que apenas rouba da sua população. A trilogia se passa em uma distopia e os fatos acontecem em um novo país chamado Panem (que surgiu após a destruição da América do Norte), na qual o governo  pede muito da população, do povo e pouco ou praticamente nada oferece em troca. Isso lhe parece familiar?! É, apesar de todo o encantamento e  de todo o romance a gente percebe, após ler os livros, que a temática de The Hunger Games tem muito mais haver com o nosso cotidiano do que imaginamos. 
      A temática política do filme é tão atual, quanto os protestos que aconteceram esse ano por todo o Brasil. Não to falando desses em que vândalos saem quebrando tudo, pichando  e destruindo as cidades. To falando daqueles em que a população foi às ruas para lutar pacificamente por seus direitos. 


Imagem da internet

Imagem da internet
       Mas, você que leu os livros e assistiu aos filme (eu já assistir aos dois) pode dizer: Mas Thati eles não agem de maneira pacifica em The Hunger Games! Sim, eles não agem pacificamente pois não tem outra maneira de derrubar a Capital e de acabar com a ditadura em que viviam. Só que muito antes de partirem para as vias de fato, muitos sinais pacíficos de que uma revolução estava para estourar foram dados. 
       Se você ainda não assistiu a Catching Fire, corra para um cinema. Vá assistir assim que você puder seja pela história, seja pela fotografia, seja por essa crítica, resenha comentário que você está lendo  e por todas as outras que você encontrou na internet,  ou pela atuação fabulosa dos atores, mas não deixe de assistir esse filme. 


Imagem da internet
      Sim, vamos falar dos atores, ou pelo menos de Jennifer Lawrence (Katniss), Josh Hutcherson (Peeta) e Liam Hemsworth (Gale) o triângulo amoroso principal da saga. Dizer que Jennifer Lawrence se superou é brincadeira. A diferença entre a Katniss do primeiro filme e de Catching Fire é nítida. A atriz convenceu todo mundo sem exceção que a personagem não é apenar um rotinho bonito, um fantoche nas mãos da Capital. A atuação de Jennifer superou todas as expectativas e a que se deve essa mudança pra melhor, essa evolução em tão pouco tempo? Ao "Lado bom da vida". 
     Liam Hemsworth, ou melhor, Gale. O ator já tem as veias artísticas no sangue, pois é irmão do ator que interpreta Thor nos cinemas. Então, você pode dizer não tem como melhorar! Sim, acredite tem como melhorar e ele evoluiu ainda mais. A atuação de Liam está bem melhor que no primeiro filme.
    E Josh Hutcherson, Peeta. Pra mim o personagem é um dos melhores mocinhos da literatura. Cavalheiro, bonito e romântico. Daqueles caras que fazem de tudo pela garota por quem está apaixonado e que você espera que apareça umdia na sua vida. Peeta é o cara! Mas, acho que Josh ainda precisa evoluir mais um pouquinho, ou seja, ele precisa ter um filme tipo "O lado bom da vida" para passar o pouquinho de emoção que está faltando e chegar no mesmo nível de comoção que Jennifer. 



     Não poderia terminar esse texto sem falar que o cinema enlouqueceu quando Sam Claflin (Finnick) e Jena Malone (Johanna) apareceram na telona. Prim trouxe toda a docura de Katniss novamente a tona e os outros atores também estão de parabéns pelo filme. Aliás, não só eles como toda a produção, direção e todos que trabalharam para Catching Fire chegar às telonas. A outro detalhe que não pode passar despercebido: a tilha sonora perfeita que tem esse filme. Agora só resta espera por Mockingjay ano que vem! Já estou na contagem regressiva.

Imagem da internet


        "E que a sorte esteja com vocês" _lll_ "A sorte nunca está a nosso favor"   Bjoxxx e até a próxima!

Share this:

JOIN CONVERSATION

12 comentários :

  1. JENAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!! [AAAAA] Eu DISSE que a Johanna seria uma das melhores personagens desse filme. EU DISSE! Que bom que não estava sendo errada! Os atores foram incríveis, a trilha foi perfeita, a fotografia MARAVILHOSA! Precisa dizer que eu amei? PRECISA!???

    ResponderExcluir
  2. A minha também. Eu mal consigo falar. HUEHUEHEUEHEUHEUEHUEHUEH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju ainda bem que não sou apenas eu que to assim!

      Excluir
  3. Adorei o filme! Chorei, ri e me revoltei kkkkkkk Mas acima de tudo para mim o q mais deu certo foi a fidelidade ao livro <3 o filme em uma palavra? INESQUECÍVEL!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu aqui ainda sem voz, e morto de ressaca de organizar tudo isso.

    Só temos a agradecer o carinho e a atenção de todos, e sem duvida, ver uma resenha tão bem elaborada, tão perfeita sobre isso, só faz aumentar ainda mais minha força e dedicação para a Exclusive Prime Mockingjay.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thyago obrigada pela organização do evento. Tudo foi PERFEITO! Sem foi a melhor estreia de filme que já fui!

      Excluir
  5. Seguido! Retribui?
    http://overdoselite.blogspot.com.br/
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Hey, Thati!

    Eu gosto de JV, mas não sou tão fã assim.
    Quero muito ver o segundo filme, mas não vou ao cinema, não... rsrs.
    No entanto, estou super curiosa pra ver como tudo ficou no filme, esse livro é emocionante.


    Beijo grande e ótima semana!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina vá ao cinema, garanto que a emoção será enorme. O filme seguiu fielmente o livro (com exceção de alguns detalhes). Bjoxxx e ótima semana pra você também

      Excluir