[Resenha] A maldição do tigre

 
 Título original: Tiger’s curse
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro

      Primeiro livro da série Maldição do Tigre, escrito pela autora americana Colleen Houck, que trata sobre a mitologia indiana.  
      Nesse romance conhecemos Kelsey uma jovem americana que após um trágico acidente perdeu os pais e passou a morar com seus tutores, que lhe davam mais liberdade do que muitos pais de adolescentes. Kels, como era chamada pela família, acabou de se formar no ensino médio e está em busca de um trabalho temporário, para ajudar a custear as futuras despesas com a faculdade. Assim, ela sai em busca de um emprego na agência de trabalho da cidade em que mora. A vaga para o qual a jovem é encaminhada é no circo que está na cidade.
      Logo no início, a garota fica um pouco apreensiva, pois o trabalho exigirá certo contato com os animais que trabalham/ se apresentam no circo. A principal atração, um tigre branco, chama a atenção dela logo de cara, pois Kels sente bastante confiança no animal e percebe que Dhiren (como o tigre é chamado) também tem certo apresso por ela.


      A amizade entre os dois cresce à medida que os dias passam e o trabalho no circo se torna ainda mais cativante para Kelsey. Ao invés de dormir em seu alongamento, a garota passa a dormir no local em que a jaula do tigre está. A jovem se sente bastante encantada pelo místico animal e seus olhos azuis de cobalto. O interesse aumenta ainda mais, quando o estranho Senhor  Kadam aparece para comprar o tigre e pergunta se Kels não teria interesse em acompanhá-lo até a Índia durante a viagem que ele fará com o animal até uma reserva ecológica, que será o novo lar do tigre.
      A princípio, Kels fica um pouco desconfiada com a história, principalmente pelo fato de ela conhecer o animal a pouquíssimo tempo. A jovem nunca viajou sozinha, nem para fora do país. Porém, pensando no futuro e em como será difícil ter outra oportunidade de viajar para a Índia, Kelsey aceita o convite e embarca nessa aventura para o outro lado do mundo.


      Durante a viagem, a única função da jovem é garantir que Ren esteja bem cuidado, por isso durante todo o percurso ela sempre está atenta para qualquer necessidade do animal. A essa altura, a relação dos dois que já era afetuosa, tornou-se ainda mais forte já que além do Srº Kadam, o tigre era o único ser vivo dentro do avião com quem ela gostava de passar o tempo conversando e lendo.
      Ao desembarcarem na Índia, Kelsey fica encantada pelo que vê e já se sente parte de toda aquela atmosfera mística. Mas, agora é que a sua verdadeira aventura irá começar, pois o Srº Kadam lhe informa que ela partirá sozinha com o tigre e o motorista, que não fala uma palavra em inglês, para a reserva ecológica. E assim ela parte para o interior desse exótico país em busca do novo lar do seu amigo felino. Porém, ao parar em um posto de gasolina para almoçar e enquanto o motorista abastece o carro, um misterioso homem vestido de branco aparece. E após um minuto de distração, Kelsey descobre que está perdida do outro lado do mundo, pois o motorista foi embora, deixando ela apenas com uma mochila e com o tigre branco.



      Sem saber ao certo o que fazer e sem ter como se comunicar com o Srº Kadam, a jovem começa a seguir Ren pela mata até se dá conta de que, agora ela está nas “mãos”  daquele tigre para sobreviver em um país completamente diferente do seu. Mas, o que Kelsey não contava era o fato de que toda essa viagem havia sido preparada com apenas um objetivo: ajudar a salvar Ren de uma terrível maldição que o transformou em tigre cerca de 300 anos atrás.
      A verdade é que Dhiren, ou melhor Ren é um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um terrível mago que queria controlar o reino de sua família e em uma tentativa de ter esse poder, amaldiçoou Ren e seu irmão Kishan a viverem como tigres pelo resto de seus dias.  Porém, com a ajuda do Srº Kadam, Ren  descobriu que havia um jeito de quebrar a maldição, mas para isso ele precisaria da ajuda de uma jovem mulher, escolhida pela deusa Durga, para realizar a profecia  que quebrará a maldição.


      Revelando um universo muito exótico e desconhecido de milhares de leitores, Colleen Houck nos apresenta a Índia pelos olhos da jovem e inexperiente Kelsey que começa a descobrir o mundo, ao mesmo tempo em que precisa quebrar as barreiras que construiu em torno do seu coração, após o acidente que matou seus pais. Além disso, as mudanças que acontecem na vida da jovem mostram quanto precisamos amadurecer nos momentos em que precisamos tomar decisões importantes e que nos mudarão  pelo resto de nossas vidas.
      Kelsey  é como a maioria dos jovens, que antes de entrar para faculdade precisa amadurecer para encontrar o caminho que seguirá ao longo da vida. As incertezas e dúvidas características deste momento da entrada na vida adulta são comuns a maioria de nós e refletem o quanto precisamos encarar a vida de frente. 
     Obrigada por acompanharem meu trabalho. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog e o canal do Youtube (Clique aqui para se inscrever). Bjoxxx e até a próxima =) 

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário